CLP 45: Games Que Amamos Odiar!

 

No Caçadores da Lista Perdida #45Nícolas Queiros, Pedro Duarte, Ovelha e Caio Corraini listam os games que apesar de nos causar ódio, no fundo possuem nossa admiração e amor!
Sugestão de pauta: Guilherme Isipon

Download MP3

Caçadores da Lista Perdida #45:

Indicamos no programa:

  • The Binding of Isaac
  • Alex Kidd in the Miracle World
  • Megaman (Série)
  • Spelunky
  • Entre outras menções odiosas!

Feed (assine ontem!)

Feed (exclusivo do CLP)

Facebook Bacanudo

Twitter dos Bacanudos

Vinheta Abertura

  • Texto e Edição: Nícolas Queiros
  • Dublador: Nato Vieira

Emails

  • bacanudo@bacanudo.com.br
Compartilhe:Share on Facebook7Tweet about this on TwitterShare on Google+0
Author
Bacanudo existe desde 2013 e está presente sempre que coisas bacanas acontecem! Além de tentar produzir conteúdo diferente e divertido!
  • Almighty

    Comecei a jogar Spelunky no mês passado. E que jogo do satanás! Uma vez eu estava com 7 ou 8 corações, na esperança de avançar bastante. Até que uma pedra gigante me atropela e me mata sem piedade. Cara, deu vontade de socar a tela. Mesmo assim, é viciante.

    Binding of Isaac é bem difícil mesmo, só zerei o original uma vez. Já o Rebirth está um pouco mais fácil, consegui terminar ele na 3.ª tentativa.
    Alex Kidd só consegui zerar no emulador salvando a cada passo. A última fase é absurda e tem um código no final que é desleal (talvez exista uma lógica pra ele, mas na hora eu não captei).
    Acho que só zerei o Megaman X4, e por incrível que pareça, achei mais fácil jogar com o Megaman do que com o Zero (terminei com os dois).
    E só! (gordinho do lanche feelings)

    • Nícolas Queiros

      Cara, até hoje não consegui zerar o Binding of Isaac! Sempre morro de alguma forma idiota! Mas não consigo largar dessa joça haha

  • Muito bom o programa pessoal, comecei a jogar Deadlight graças a um programa de vocês que o Nicolas recomendou e com certeza vou jogar coisas boas desse programa aqui tbm, bem bacana mesmo.
    Valeu
    Abraço

    • Nícolas Queiros

      Deadlight é um jogaço! Saudades… Valeu pela confiança Léo =)