Bacanudo 050: Tá Tudo Doendo Agora

 

No Bacanudo #050: Conversamos sobre corte de cabelo, trilha sonora de academia, dores nas costas, nos joelhos, no corpo todo! Com a convidada, Cris Peter! #DorNasCostas

Download MP3

Rolou no Bacanudo #050

  • Nícolas está velho!
  • Dor nos joelhos, dor nas costas…
  • Cris Peter, a rainha das fotos e vídeos caninos!
  • Hashtag da Semana: #DorNasCostas

Feed (assine ontem!)

iTunes (SIM!)

Facebook Bacanudo

Twitter dos Bacanudos

Emails

  • bacanudo@bacanudo.com.br
Compartilhe:Share on Facebook4Tweet about this on TwitterShare on Google+0
Author
Bacanudo existe desde 2013 e está presente sempre que coisas bacanas acontecem! Além de tentar produzir conteúdo diferente e divertido!
  • Jaime – o agente bom de corte

    Que podcast legal!!!

    • Jaime, você chegou mega empolgado! Seja bem-vindo! 🙂 Como conheceu a gente, afinal?!

      • Jaime – o agente bom de corte

        Obrigado!!! Eu não me lembro. Muito provavelmente foi alguém na área de comentários do MDM que me indicou. Sério, não lembro mesmo. Mas foi em algum outro podcast que escuto : MDM, Pauta livre news, os do PH Santos, Pelada na net ou em algum outro podcast em que algum de vocês participou.kkkkkkkkkkkkk Ficou bem fácil de descobrir. Mais ou menos há 1 semana, bem na época do CLP 49.

        • Jaime – o agente bom de corte

          Estou ouvindo os antigos e estou gostando muito. Já assisti aos Bacanow’s e achei muito foda! Porque param de fazer? E a risada dessa menina é sensacional.kkkkkkkkkkk

          • O Bacanow um dia voltará! Um dia! Atualmente, temos o Bacanudo em vídeo toda terça e o Jogos Jogos Jogos, toda quinta!

          • Jaime – o agente bom de corte

            Caracas, lembrei! A galera na área de comentários do MDM colocou o vídeo do PH Santos sobre “como ouvir metal”, foi lá que eu descobri o bacanudo.

          • MDM movimenta a internet! o/

          • Jaime – o agente bom de corte

            A visita à Maurício de Souza Produções e a entrevista com o Sidão foram muito boas!

  • Fala, galera!

    Ouço podcasts há cerca de uns 7 anos e acho que já devo ter acompanhado algo entre 30 a 40 podcasts diferentes nesse tempo. Recentemente estava ouvindo uns 20 e tive que diminuir a lista porque não estava dando conta. Gosto do Nerdcast mas também de várias outras abordagens bem diferentes da deles. O Bacanudo sempre me agradou muito, exceto nessa nova pegada. Acho que não é pra mim, mas que bom que tem uma galera que está curtindo. Sigam o caminho que for melhor para vocês. Desejo sucesso para o Bacanudo, e ouvirei os CLP’s, Ovelícias, e 20 perguntas.

    Abraço!

    • Jaime – o agente bom de corte

      Caracas!!! Você gosta mesmo de podcast! Eu descobri o bacanudo agora! o primeiro que ouvi foi o CLP 49 e este é o segundo e estou gostando realmente. Como não sei como era antigamente não tenho como comparar.

    • Oi, cara! Como dito no programa, vamos intercalar. Vez ou outra, teremos temas específicos. Estamos preparando um muito bom, inclusive! Quando for o tema do seu agrado, seja muito bem-vindo! 🙂 Abração!

    • Oi, cara! Como dito no programa, vamos intercalar. Vez ou outra, teremos temas específicos. Estamos preparando um muito bom, inclusive! Quando for o tema do seu agrado, seja muito bem-vindo! 🙂 Abração

  • Jaime – o agente bom de corte

    Eu e minha noiva vamos à academia juntos mas ela não gosta de musculação e faz somente as aulas de dança, tipo ritmos e zumba.

  • Anderson Cardoso

    Olha ai, bacanudo mudou bastante a pegada do que era antigamente. Acho que o Pedro não tem mais tanto tempo para edições perfeitinhas e bacanas com antes, não estou dizendo que o programa é ruim não mas esses bacanudos mais recentes(20perguntas) percebo que a música vez ou outra some e fica só a conversa.

    O que para mim é um tanto quanto moroso demais. Quando vou ver no tempo do podcast não passou nem 30 minutos e já fico cansado de ouvir. Geralmente deixo para outro dia ou nem escuto.

    Mas o que me fez voltar de vez a consumir/ouvir o bacanudo foram esses papos aleatórios de vocês eu me racho de rir com as mazelas (será que é com Z essa palavra?) da galera, do convidado e do Pedro também.

    Enfim, mi mi mi a parte com o tempo acostumo a comentar nos casts que eu gosto e o Bacanudo é com certeza um deles.

    Abs,

    • Oi. Não foi tempo para editar. Foi uma decisão de não ter trilha no 20 Perguntas. O foco, afinal, é a fala dos convidados.
      Já as trilhas dos programas até o 45 sempre foram as mesmas, só experimentando volumes, exclusão, etc.

      Agora temos outra temática com as bandas de sopro etc. Mas a edição sempre foi a mesma. 🙂

  • Capeitão Caverna

    Também tive uma bela experiencia com ortopedista. Quebrei meu mindinho da mão esquerda jogando bola e o fdp me mandou engessar por 2 meses o dedo. Até ai tudo bem, se não fosse o fato que no final do “tratamento” o animal fala que seria melhor eu ter operado, sendo que só não operei por escutar o conselho dele. Um lixo de profissional.
    Detalhe é que com a cirurgia a recuperação seria de 2 meses, no total, e não 4 meses como foi. Mandei a fisioterapia pra pqp tbm e fiz eu mesmo em casa. Ainda bem que o bixim ta quase 100%, nunca vai voltar ao que era antes, mas ta de boa, a força da mão não sumiu.

  • Não que isso seja desculpa, mas esse programa acabei demorando para escutar por causa do TCC, veja só :P.
    Sobre os comentários tecidos sobre o assunto no programa, na verdade não fico preocupado nenhum pouco sobre a apresentação e tal. O problema é que o TCC foi o desenvolvimento de um software e no meio disso tudo pediram o texto escrito também, manual de instalação, manual de usuário, relatórios… Enfim…
    Além disso eu quis inventar moda e utilizar tecnologias e ferramentas que eu desconhecia e que não são tão conhecidas por outras pessoas também. Descuido meu, mas enfim, essas coisas tomam tempo absurdo. Ainda mais para mim que não consigo entregar a parada enquanto não estiver 100%, heheh.
    Ainda em vez de eu fazer o meu acabei passando o tempo ajudando outras pessoas com os TCCs delas e tal, aí mais atrasos no meu.
    Depois de toda essa história, digo que fiquei feliz com o resultado apesar dos pesares.
    Esse também foi um ótimo programa, tenho um calombo em um dedo da mão, provavelmente deve ter quebrado em alguma ocasião na infância. Nunca saberei.
    Abraços.